ODS10 – Jovens de favelas se unem para discutir política de drogas

Foi lançado no dia 02 de setembro, no Rio de Janeiro, o Movimentos: Drogas, Juventude e Favela, grupo formado por jovens moradores de favelas e regiões periféricas brasileiras, que pretende discutir política de drogas no Brasil a partir da perspectiva de quem sofre diariamente suas consequências. O grupo quer unir conhecimento científico às experiências daqueles que sofrem o impacto da guerra às drogas. O Movimentos elaborou um manifesto que esclarece sua visão sobre o tema. “A guerra às drogas, para nós, significa escolas fechadas, mudança na rotina, medo de sair de casa, preocupação com o nosso bem-estar e o da nossa família”, explica o grupo. Raull Santiago, morador do Complexo do Alemão, e um dos coordenadores do Movimentos declara: “Os governantes nos observam apenas através da mira do fuzil. É por isso que a favela precisa falar sobre drogas e criar alternativas a esta lógica de guerra”. Para conhecer os jovens que participam do Movimentos: www.movimentos.org.br/quem-somos (Envolverde)

Visualizar matéria

versao para impressão

Mais Reportagens