Nove meses de intervenção federal: Muito tiro, pouca aula; pouca aula, + bandido (Infográfico)

Em parceria com o Fogo Cruzado, o Observatório da Intervenção verificou que, nos nove meses de intervenção federal, não só os tiroteios aumentaram 59% em relação ao mesmo período de 2017 como 177 estabelecimentos de ensino da Região Metropolitana do Rio de Janeiro tiveram pelo menos uma ocorrência de disparos ou troca de tiros num raio de 100 metros.

Tiroteios significam aulas suspensas, insegurança e medo. Afetam também o desempenho dos professores e o rendimento dos alunos. Escolas em cujo entorno há disparos de armas têm IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) inferior ao daquelas em que não há disparos.

O relatório registra ainda um aumento de 42% das mortes decorrentes de intervenção da polícia e uma redução de apenas 3,2% no número de homicídios, que continua muito elevado: 3.369 vítimas em nove meses.

Infográfico

 

Mais Outras Publicações